terça-feira, 2 de agosto de 2016

Órgãos de segurança anunciam mobilização para quinta-feira (04)

Sindicatos de diversos setores do funcionalismo público estadual, incluindo os da área de segurança, definiram em reunião na manhã de desta segunda, 1º, que a quinta-feira, dia 4, será de protestos em todo o Estado.

Segundo o presidente da Federação Sindical dos Servidores (Fessergs), Sérgio Arnoud, a orientação repassada pela entidade ao funcionalismo é manter apenas os atendimentos essenciais.



Em Erechim, Mauricio Paraboni Detoni, da Brigada Militar, informou que os serviços da Instituição deverão ser mantidos dentro da normalidade. “Recebemos comunicação do Comando pela manutenção normal dos serviços da Brigada Militar” afirmou Detoni.
Já o Sindicato dos Escrivães, Inspetores e investigadores de Polícia do Rio Grande do Sul (UGEIRM) convoca uma operação padrão até a integralização do salário do funcionalismo.
Já a Policia Civil deverá paralisar totalmente os seus serviços no dia 4, entre as 06h e às 21h, seguindo deliberação padrão do sindicato. Segundo o Inspetor Cassiano Estevan, representante do UGEIRM na região, existe uma expectativa de 100% de adesão por parte da categoria. “Faremos a paralisação total dos serviços na quinta-feira e nos concentraremos em frente à Delegacia de Policia de Pronto Atendimento seguindo orientação do Sindicato” destacou Estevan.
Dentre as ações programadas está definido que os Policiais Civis não participarão de operações policiais fora do horário do expediente, não concluirão procedimentos policiais, exceto autos de prisão em flagrante, também não deverá registrar ocorrências de fatos atípicos, perda de documento e desacordo comercial.
Como medidas permanentes o UGEIRM definiu que os policiais civis não devam trabalhar fora do horário de expediente sem a garantia de pagamento das horas extras, trabalhos em viagem deverão ser executados somente com a antecipação dos valores referentes às diárias e que os policiais somente deverão sair para qualquer missão com viatura, colete, armamento e munições em perfeito estado em perfeito estado, dentre outras medidas que foram repassadas.
FONTE: ATMOSFERAONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário