segunda-feira, 3 de abril de 2017

Nota de falecimento - Pe. Ivo Antonio Moehlecke

Na caminhada quaresmal que nos conduz à Páscoa da Ressurreição deste Ano Nacional Mariano e Diocesano do Centenário das Aparições de Fátima, comunico o falecimento do Pe. Ivo Antonio Moehlecke na Clínica Iotti de Passo Fundo, onde estava internado desde o dia 21 de março para cirurgia de prótese de fêmur. Ele estivera no Hospital de Caridade de Carazinho do dia 15 de março até sua transferência a Passo Fundo, em consequência de queda na casa do vizinho de sua irmã em Almirante Tamandaré, onde fora dar a bênção à família e à casa. Por opção sua, ele iria passar por cirurgia naquele Hospital, mas em vista de alterações na pressão sanguínea, foi transferido a Passo Fundo. Depois de nova avaliação clínica, em razão de insuficiência cardíaca, foi submetido a um cateterismo no dia 24 e à cirurgia para a prótese do fêmur dia 27. A cirurgia transcorreu muito bem. Porém, pela insuficiência cardíaca, ficou em recuperação no CTI da Clínica, vindo a falecer.
O velório será na Catedral São José, com missa de corpo presente às 13h30. Em seguida, o corpo do Pe. Ivo será transladado para Almirante Tamandaré, onde haverá outra celebração e o sepultamento.
Recomendo a todos os diocesanos a oração pelo Pe. Ivo, intercedendo junto a Deus que o envolva com sua misericórdia e lhe dê a recompensa por sua vida e por seu ministério presbiteral, exercido em diversas paróquias e na formação seminarística. Unido à Virgem Maria e aos santos e santas, possa cantar o louvor eterno a Deus Trindade, ele que tinha o dom da música e o gosto pelo canto e pela tradição gaúcha. Que viva na eternidade a alegria que irradiou entre as pessoas que encontrava, expressão espontânea da bondade de seu coração. Recomendo que ele seja incluído nas intenções de todas as missas na diocese nestes próximos dias.
Que as exéquias deste presbítero de nossa Diocese seja também motivação especial para pedirmos a Deus, por intercessão de Maria Santíssima, a Mãe dos Sacerdotes, muitas vocações ao ministério ordenado, à vida religiosa e à missão de leigos e leigas em nossas comunidades.
Pe. Ivo Antonio Moehlecke nasceu no dia 11 de outubro de 1939 em Almirante Tamandaré/RS. É o oitavo dos 10 filhos de Oscar Carlos Moehlecke e Erna Link Moehlecke (falecidos). Concluiu o antigo curso ginasial e colegial em 1960, no Seminário de Fátima, permanecendo nele em 1961 como professor. Cursou Filosofia (1962 a 1964) e Teologia (1965 a 1968) no Seminário Maior Imaculada Conceição de Viamão. Posteriormente, cursou a faculdade de Letras (1970 a 1973) em Erechim.
Foi ordenado presbítero no dia 13 de julho de 1968, em sua terra natal.
Exerceu as seguintes funções:
- Vigário Paroquial em Tapejara, de julho de 1968 a junho de 1969;
- Assistente e professor no Seminário de Fátima, de Erechim, de julho de 1969 a meados de 1976;
- Vigário Paroquial da Catedral, Capelas e Bairros, de meados de 1976 a 1977;
- Pároco da Paróquia de Três Arroios, de 1978 a abril de 1982;
- Vigário Paroquial de Estação, de abril de 1982 a 1987;
- Pároco de Severiano de Almeida, de 1988 a 1992 e cumulativamente, de 1990 a 1992, Administrador Paroquial de Mariano Moro;
- Pároco da Paróquia de Erval Grande de 1993 a 2002;
- Vigário Paroquial da Paróquia São Cristóvão, Erechim, de 2003 a 2004;
- Pároco de Capo-Erê, de 2005 a 2010, sendo, em 2010, também auxiliar da Paróquia de Getúlio Vargas;
- Vigário Paroquial de Getúlio Vargas, em 2011;
- Vigário Paroquial de Jacutinga, em 2012.
Era Professor do Estado nomeado em 1984 e aposentado; desde 1982, fez parte de grupo dos Alcoólicos Anônimos - AA. Por algum tempo, coordenou a Pastoral da Sobriedade.
Desde o final de 2012, estava no Centro Diocesano de Pastoral e Administração, sem função específica, mas à disposição para ajudar em Paróquias quando solicitado e conforme suas possibilidades.
 Erechim, primeiro de abril de 2017.

Dom José Gislon, OFMCap
Bispo Diocesano de Erexim. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário