segunda-feira, 25 de maio de 2015

Getúlio Vargas - Livro revela história e vida e fé do Irmão Taciano


Resultado de um trabalho minucioso a pesquisadora Reni Giaretta Oleksinski concluiu o projeto que resultou na obra “Irmão Taciano – Um Marista feliz e solidário”. O pré-lançamento do livro esta programado para o dia 1º de junho, às 19 horas, no Salão de Atos da Prefeitura de Getúlio Vargas, e o lançamento no dia cinco, às 19h30min horas, na Comunidade São Marcelino Champagnat. Na oportunidade será celebrada a Missa do Tríduo em honra ao padroeiro.
O convite à comunidade esta sendo feito pela Rede Marista, os Irmãos Maristas do RS e a Fraternidade Marista Irmão Taciano. O religioso nascido no ano de 1909 e falecido há nove anos, viveu boa parte de sua existência na cidade de Getúlio Vargas. O levantamento das fontes documentais e orais revelou, segundo a pesquisadora, detalhes do trabalho silencioso realizado pelo religioso junto a comunidade, principalmente entre os menos favorecidos.

Diego Dominguez é tricampeão no Rally Erechim

Fotos: Prime Comunicação
 
Terminou.
Mas com aquele gostinho de chegar logo o próximo. E foi com sotaque portenho que o Rally Erechim fechou sua corrida na tarde deste domingo. Isso porque o domínio paraguaio na prova não foi interrompido. Diego Dominguez e Edgardo Galindo foram os grandes vencedores da 18a edição da corrida, a maior no Brasil e uma das mais importantes da América do Sul.
Aliás, esta foi a terceira vitória de Dominguez que entra para a lista dos maiores vencedores do Rally Erechim, o vencendo por três vezes e empatando assim, com seu compatriota, Gustavo Saba que também é tri.
Dominguez considerou esta uma das provas mais difíceis de sua carreira. "Tecnicamente se mostrou um rali muito difícil, as mudanças nas especiais exigiram muito de todos. Estou muito feliz por ganhar pela terceira vez em Erechim", salientou o piloto paraguaio.
No pódio dos três melhores no geral da prova, ainda outro paraguaio, Alberto Antebi/Hernan Vargas, em terceiro. Teve ainda brasileiro no pódio. Os gaúchos Ulysses Bertholdo/Alessander Soares fizeram o segundo melhor tempo geral .
Se os competidores gostaram, a direção do evento salientou ser esta uma edição histórica. "Tivemos grande público, mais de 14 toneladas de alimentos arrecadados, números que nos deixam muito felizes", disse o presidente do Erechim Auto Esporte Clube, Everton Barbieri.
Para o coordenador geral do Rally, este foi o melhor de todos já realizados. "Tivemos um grande evento, sensacional que só foi possível com a ajuda de muita gente que trabalhou muito para o sucesso no final", apontou.

Glória em Erechim
Além dos campeões gerais da prova, Erechim consagrou ainda os vencedores em cada categoria nos campeonatos Gaúcho, Brasileiro e Sul-americano de rali de velocidade. No Nacional, vitórias de Ulysses Bertholdo/Alessander Soares, na categoria RC2N, Luis Tedesco/Sidinei Broering na RC4 e de Cassandro Maloz/Luis Felipe Trentin, na RC5.
Aliás, Maloz e Trentin, que são de Erechim, venceram a categoria em nada menos que nos três campeonato: nacional, estadual e continental. No Gaúcho, Fábio Dall Agnol/Gabriel Morales venceram a RC2N, com Luis Tedesco/Sidinei Broering na RC4, Elton Palkevick/Fabiano Palharini na RC3 e Luciano Cassol/Heitor Strogulski na RCR.
Já pelo Sul-americano, além dos vencedores já citados, Rodrigo Zeballos/Sebastian Dotta venceram a RC2N, Tedesco/Broering na RC4.

VENCEDORES DO RALLY ERECHIM 2015

CAMPEONATO SUL-AMERICANO
CATEGORIA RC2 – 4×4
1 - Diego Dominguez/Edgardo Galindo – Paraguai – Ford Fiesta RC5 - 1h47min46
2 - Alberto Antebi/Victor Aguilera – Paraguai – Ford Fiesta - 1h52min51
3 - Augusto Bestard/Enrique Fratta - Paraguai - Ford Fiesta R5 - 1h54min02

CATEGORIA RC2N – 4×4
1 - Rodrigo Zeballos/Sebastian Dotta – Uruguai – Mitsubishi Lancer - 1h53min10
2 - Fábio Dall Agnol/Gabriel Morales – Brasil – Mitsubishi Lancer - 1h54min17
3 - Oscar Benitez/Hugo Tomas – Paraguai – Mitsubishi Lancer - 1h58min02

CATEGORIA RC4 – 4×2
1 - Luis Tedesco/Gabriel Moralez – Brasil – Fiat Palio - 2h01min43
2 - Rafael Tulio/Gilvan Jablonski – Brasil – Peugeot 207 - 2h02min34
3 - Reinaldo Kikuchi/Gabriel Martin – Paraguai – Honda Civic Si 2h06min56

CATGEORIA RC5 – 4×2
1 - Cassandro Maloz/Luiz Felipe Trentin – Brasil – Fiat Palio - 2h03min41
2 - Evandro Carbonera/Eduardo Tonial – Brasil – Peugeot 206 - 2h16min21

CAMPEONATO BRASILEIRO
CATEGORIA RC2N – 4×4
1 - Ulysses Bertholdo/Alessander Soares – Brasil – Mitsubishi Lancer - 1h51min17
2 - José Barros Neto/Marco Marini – Brasil – Mitsubishi Lancer - 1h57min12
3 - Mauricio Neves/Carlos Morales – Brasil – Peugeot 207 XRC - 1h58min35

CATEGORIA RC4 – 4×2
1 - Luis Tedesco/Gabriel Moralez – Brasil – Fiat Palio - 2h01min43
2 - Rafael Tulio/Gilvan Jablonski – Brasil – Peugeot 207 - 2h02min34
3 - Marcos Valandro/Roger Valandro – Brasil – VW Gol - 2h25min26

CATEGEORIA RC5 – 4×2
1 - Cassandro Maloz/Luiz Felipe Trentin – Brasil – Fiat Palio - 2h03min41
2 - Toninho Genoin/Maicol de Souza – Brasil – Peugeot 206 - 2h05min19
3 - Fabio Simsen/Gilson Rocha - Brasil - Peugeot 207 - 2h11min20

CAMPEONATO GAÚCHO
CATEGORIA RC2N – 4×4
1 - Fábio Dall Agnol/Gabriel Morales – Brasil – Mitsubishi Lancer - 1h04min07
2 - Luiz Facco/Humberto Ribeiro - Brasil - Peugeot 207 XRC - 1h10min02

CATGEORIA RC3 – 4×2
1 - Elton Palkevick/Fabiano Palharini - Brasil - GM Vectra - 1h12min49
2 - Leandro Bertuol/Diego Santolin - Brasil -= Fiat Palio - 1h21min07
3 - Fernando Mello/Tatiana Kokemper – Brasil – VW Gol - 1h26min46

CATEGORIA RC4 – 4×2
1 - Luis Tedesco/Gabriel Moralez – Brasil – Fiat Palio - 1h07min29
2 - Marcos Marcola/Felipe Costa – Brasil – Peugeot 207 - 1h07min51
3 - Carlos Celuppi/Vinicius Zavierucka – Brasil – Peugeot 206 - 1h15min28

CATGEORIA RC5 – 4×2
1 - Ricardo Oro/Leonardo Dalla Rosa - Brasil - GM Celta - 1h08min40
2 - Cassandro Maloz/Luiz Felipe Trentin – Brasil – Fiat Palio - 1h09min18
3 - Toninho Genoin/Maicol de Souza – Brasil – Peugeot 206 - 1h10min25

CATEGORIA RCR – 4×2
1 - Luciano Cassol/Heitor Strogulski – Brasil – Fiat Palio - 1h24min32

2 - Felipe Solimann/Cassio Navarini – Brasil – Ford KA - 1h26min49

Contexto - Neivo A T Fabris

Saindo do prelo

A obra “Irmão Taciano: Um Marista Feliz e Solidário” já está disponível nas bibliotecas de todas as escolas Maristas do RS. A biografia do religioso que residiu por muitos anos em Getúlio Vargas, foi escrita por Reni Giaretta Oleksinski. Outros tantos religiosos da congregação que no ano de 1938 instalou uma escola no jovem município que adotou como patrono o então presidente da República já tiveram suas histórias registradas em livro. O último deles foi o Irmão Paulo da Cruz, que teve destacada contribuição no desenvolvimento do local tendo sido um dos sócios fundadores da Cooperativa Tritícola de Getúlio Vargas Ltda.
I I
Dono de um sorriso cativante e um português correto, com leve sotaque italiano herdado dos pais, o Irmão Taciano exerceu o cargo de vice-diretor do Juvenato Imaculada Conceição. O local onde hoje está o Fórum foi na década de sessenta e setenta a horta para os alunos aplicarem os conhecimentos adquiridos nas aulas de práticas agrícolas. Munidos de pás, enxadas e ancinhos, os alunos eram orientados pelo Irmão Taciano. Grupos de quatro ou cinco jovens cultivavam um canteiro e periodicamente levavam para casa alface, cenoura, beterraba, rabanete e rúcula, resultado dos seus ensinamentos e do trabalho realizado.
I I I
Para muitos a lembrança do Irmão Taciano está ligada ao cotidiano do Colégio Cristo Rei e as Missas de domingo na Igreja Matriz. Mas o trabalho do religioso franzino, de sorriso largo, óculos com lentes grossas, chapéu de palha e sua inseparável pasta se estendia aos locais mais carentes da cidade. O resultado de tanta dedicação poderá ser conferido no livro que terá seu pré-lançamento no dia primeiro de junho, às 19 horas, no Salão de Atos da Prefeitura de Getúlio Vargas. Para o lançamento, programado para as 19h30min do dia cinco de junho, foi escolhida a Comunidade São Marcelino Champagnat, na Av. Borges de Medeiros.
Curtas
# Uma delegação liderada por Milton Cantele (PMDB), prefeito de Campinas e presidente da Amau, e seu colega de Erechim Paulo Polis, viajou a Porto Alegre na quarta-feira (20).
# O grupo esteve na Secretaria Estadual da Saúde tratando dos ajustes do contrato referente aos serviços prestados pela Fundação Hospitalar Santa Terezinha, de Erechim (FHST).
# Todos os prefeitos dos 32 municípios de abrangência da Amau estão mobilizados e aguardam um desdobramento positivo das negociações em curso com o governo Sartori.
# No ano passado o FHST registrou 16 mil internações, 10 mil cirurgias, 60 mil atendimentos de urgência e emergência e 130 mil atendimentos na área de traumatologia e ortopedia.
# A Câmara de Vereadores de Sertão aprovou na sessão ordinária do dia 18 de maio o projeto de Lei que dispõe sobre a criação da Procuradoria Geral do Município.
# Os projetos de lei que autoriza o executivo sertanense protestar as certidões de dívida ativa, e o que concede aumento do vale alimentação dos servidores, vão ser analisados pela Comissão Geral de Pareceres.
# Em vigor desde o mês de dezembro, a Lei Estadual da Meia Entrada para Estudantes, que garante 50% do valor cobrado para atividades culturais e esportivas não tem sido observada.

# Os produtores que realizaram eventos culturais nos últimos cinco meses sem cumprir a legislação vigente estão sendo denunciadas e notificadas pelo Procon/RS.
# O beneficio deve ser concedido a estudantes que portem a carteira de identificação da Uges, Ubes, UEE-RS, UNE e as devidamente organizadas nos municípios.
Dito & Feito:
O Presidente do Poder Legislativo, Aquiles Pessoa da Silva (PP), participou da solenidade de abertura oficial do III Encontro do Programa Integração AABB Comunidade, que aconteceu na manhã do dia 16 de maio. O evento, que marcou as comemorações dos 15 anos de trabalho em Getúlio Vargas, foi promovido pelo Programa AABB Comunidade juntamente com a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Associação Atlética Banco do Brasil e Agência Banco do Brasil local.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Cancelada! UPF confirmou ontem à tarde o cancelamento da 16ª edição da Jornada Nacional de Literatura

 
No mesmo dia em que prefeitura e reitoria da Universidade de Passo Fundo se reuniam em busca de alternativas para viabilizar financeiramente a 16ª Jornada Nacional de Literatura, prevista para ocorrer entre 28 de setembro a 2 de outubro, a professora Tânia Rösing, coordenadora da movimentação literária, anunciou, através de entrevista ao jornal Estadão, de São Paulo, o cancelamento da edição deste ano. A informação repercutiu em todo o país e praticamente sepultou as possibilidades de reverter a situação.
Em entrevista coletiva ontem à tarde, o reitor da UPF, José Carlos Carles de Souza, visivelmente abatido, confirmou oficialmente o cancelamento do evento, interrompendo um ciclo de 31 anos, que rendeu a Passo Fundo os títulos de Capital Estadual e Nacional de Literatura.
Desde o início dos trabalhos, a comissão organizadora havia captado até o momento apenas 50% dos recursos previstos. O projeto inicial foi orçado em R$ 3,5 milhões, e, diante das dificuldades, reduzido para R$ 2 milhões. Dos R$ 3,4 milhões aprovados pela Lei Rouanet, do governo federal, foram captados apenas R$ 173 mil. Pela Lei de Incentivo à Cultura (Lic) do governo estadual, a comissão obteve R$ 570 mil, de R$ 1,017 milhão aprovados. Estes recursos de patrocínio, já prometidos, ainda não haviam sido repassados para a Universidade. A comissão organizadora contaria ainda com mais R$ 750 mil disponibilizados pela Prefeitura Municipal, co-produtora do evento.
Com o tema Leituras e leitores em liberdade, a programação do evento já estava ‘fechado’, inclusive, com os 106 autores nacionais e estrangeiros e artistas contatados.
Em relação à reunião realizada terça-feira, com o prefeito Luciano Azevedo, o reitor confirmou que ambos iriam iniciar uma movimentação em Brasília na tentativa de complementar o restante do orçamento.
“A decisão era aguardar até o início de junho para decidir sobre a realização ou não da Jornada, na esperança de conseguirmos mais patrocínios. No entanto, a professora Tânia antecipou para um órgão de imprensa de São Paulo, por conta e risco dela, o cancelamento. Pegou a todos de surpresa. Diante das dificuldades financeiras e deste anúncio, só nos restou cancelarmos o evento deste ano” declarou o reitor.
Segundo ele, o cenário da conjuntura econômica atual do país foi o argumento dos órgãos públicos e das empresas privadas para a negativa dos investimentos. Na visita feita ao governador do estado, José Ivo Sartori, ele alegou falta de recursos e cogitou sobre a possibilidade de ajuda através do Banrisul, tradicional apoiador da movimentação literária. “Fizemos contato, mas o Banrisul não nos deu nenhuma resposta sobre nosso pedido” disse Souza.

Vice-reitoria de extensão de assuntos comunitários, Bernardete Dalmolin declarou que as primeiras visitas de captação no início do ano aos órgãos públicos e empresas privadas já sinalizavam para um cenário nebuloso quanto ao futuro da Jornada. Tanto que o tradicional evento de lançamento realizado em Porto Alegre, marcado para março, foi transferido para abril, depois maio, e acabou não acontecendo.
“No ano passado fizemos alguns contatos, mas o cenário não parecia tão negativo como se confirmou em 2015” disse Bernardete. Sobre a possibilidade de alterar o formato da jornada para enxugar o orçamento, a vice-reitora explicou que a medida implicaria na alteração dos projetos encaminhados às leis de incentivo e aos patrocinadores. “ Teríamos de mudar tudo, não temos tempo para isto. O recurso é destinado para um determinado modelo e tamanho de evento. Mudar isto significa alterar valores” explicou.
Futuro das jornadas
Durante a coletiva, o reitor não deu certezas sobre a realização da 16ª edição em 2017, no entanto, foi categórico ao afirmar sobre mudanças de formato e de pessoas que estão à frente da organização. No ano passado, afirmou, a UPF já havia contratado uma empresa de consultoria para revisar o modelo responsável pela condução do evento. “O formato das jornadas vai sofrer alterações tanto no aspecto formal e de pessoas para conseguirmos uma nova proposta e continuarmos alcançando os mesmos resultados até então, que é a formação de leitores” definiu.
FONTE: O NACIONAL

Montagem dos boxes movimenta parque de apoio do Rally Erechim

Crédito fotos: Iuri Antonietti/Divulgação
Bandeiras de diferentes nacionalidades marcam território no parque de apoio do Rally Erechim. Nesta quarta-feira (20), equipes brasileiras e estrangeiras realizaram a montagem dos boxes. Alguns dos maiores vencedores competição chegaram logo cedo: Gustavo Saba, ganhador de três edições seguidas da prova erechinense, e Diego Dominguez vencedor por duas vezes, já estão com as estruturas montadas.
Válida para etapas dos campeonatos Gaúcho, Brasileiro e Sul-Americano, a prova nos trechos cronometrados começa na sexta-feira (22). Antes disso, os pilotos e navegadores serão recepcionados por aproximadamente 15 mil pessoas, no centro de Erechim. A largada promocional ocorrerá nesta quinta-feira (21), às 20h, no Largo da Prefeitura.Mais informações sobre o Rally Erechim, no site oficialwww.rallyerechim.com.


Estação - Prefeito recebe a visita do Coronel Morgado, da 10ª Circuncrição de Serviço Militar de Santo Angelo


Prefeito Geverson e o Coronel Morgado.
Na tarde desta quarta feira, 20 de maio, o prefeito de Estação Geverson Zimmermann (PSDB ), recebeu a visita do Coronel Jorge Antônio Monteiro Morgado, da 10ª Circunscrição de Serviço Militar de Santo Ângelo.  Ele trouxe orientações a respeito do alistamento militar em nosso município, que a partir deste ano de 2015 terá jovens selecionados para prestar o serviço militar em Alegrete.

Segundo o Coronel, de todo o contingente alistado, cerca de 30% dos jovens serão selecionados para passarem pelas fases de avaliação, onde serão realizados testes físicos e psicológicos, para posteriormente servirem ao Exército brasileiro.

O alistamento militar para os jovens que completam 18 anos de idade neste ano é obrigatório, e será realizado até o dia 30 de junho. Em Estação, ele deve ser feito na Junta de Serviço Militar, órgão que se encontra junto à sala da Biblioteca Pública Municipal. Segundo a responsável pela Junta, até o momento, 46 estaçonenses já fizeram o alistamento.

A cerimonia de juramento a bandeira, onde ocorrerá a convocação de alguns jovens e a dispensa militar dos demais, será realizada no dia 11 de setembro, às 07 horas da manhã, no Centro Esportivo Municipal André Luis da Silva.