segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

RS-15 - Carreta carregada de manga tomba no Km 52, em Getúlio Vargas


Um acidente no meio da tarde de sábado (20), envolvendo duas carretas no Km 52 da RS-135 interrompeu o trânsito até por volta das 17 horas. Alguns motoristas optaram em desviar utilizando as ruas da cidade de Getúlio Vargas.
Fotos: Rodrigo Finardi (BV)

 

         Conforme informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE-RS), a carreta, placas IUO-1563, da cidade de Santa Maria, trafegava no sentido Erechim – Passo Fundo, quando por motivos não revelados, tombou na pista. Outra carreta, placas INF-0875, da cidade de Marau, que trafegava no sentido contrário, acabou batendo no veículo de Santa Maria.

         Os Bombeiros de Getúlio Vargas precisaram retirar o motorista Gefferson Negrini Farias das ferragens da carreta de Santa Maria. Ele foi inicialmente levado ao Hospital São Roque, de onde foi transferido para Erechim devido à gravidade dos ferimentos. O outro motorista, Norberto Rodigheiro sofreu alguns ferimentos com suspeita de fratura em um dos braços.

         A carreta conduzida por Gefferson transportava mangas, que ficaram espalhadas pela pista e acostamento, obrigando os bombeiros a fazerem a limpeza antes da liberação do tráfego. Inúmeras pessoas foram até o local para recolher as frutas.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Capa da edição dessa sexta-feira, 19 de dezembro, que já está circulando


Especial Getúlio Vargas 80 anos


Adiamento da resolução que cobra emplacamento dos tratores agrícolas deverá ser publicado nesta sexta

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) deverá publicar nesta sexta-feira, dia 19, no Diário Oficial da União (DOU), a prorrogação da isenção da obrigatoriedade do emplacamento e licenciamento de equipamentos agrícolas. Assim, será adiada a entrada em vigor da Resolução 447/2013, que determinava o emplacamento de tratores e máquinas agrícolas, a partir de janeiro de 2015.
 O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS) foi um dos que pleiteou para que essa prorrogação ocorresse. Ele observa que o emplacamento iria onerar a produção, aumentar ainda mais os custos de produção dos alimentos e podendo ainda reduzir mais a competitividade do agronegócio brasileiro.

 Na opinião de Hamm, o adiamento representa um fôlego aos produtores para que nesse prazo prorrogado seja possível uma nova decisão de legislação. “Conseguimos agora um encaminhamento de tranquilidade aos nossos proprietários rurais que tem máquinas agrícolas. O emplacamento destes maquinários traria uma questão burocrática muito grande e haveria de comprometer a competitividade da nossa agricultura, principalmente do pequeno produtor”, relata.

 Conforme o deputado, além dessa solicitação de prorrogar o prazo, nesta semana, foi aprovada uma emenda 66 na Medida Provisória 656/2014, que desobriga o registro único para as colheitadeiras, tratores e demais aparelhos automotores destinados a puxar ou a arrastar maquinário agrícola de qualquer natureza ou a executar trabalhos agrícolas e de construção ou de pavimentação fabricados ou importados antes de primeiro de janeiro de 2015.

 Hamm destaca a importância de trazer tranquilidade para produzir, num momento em que a agricultura, pecuária, familiar e empresarial promovem um crescimento na balança comercial, os excedentes para exportação, produção de alimentos. “Temos uma atividade econômica muito forte e precisamos efetivar as condições de tranquilidade aos produtores”, reforça.

 Conforme a emenda aprovada na Câmara dos Deputados, o registro único de maquinas agrícolas em cadastro especifico permitirá maior segurança aos proprietários contra eventuais furtos e roubos. Dessa forma, poderá dar maior tranquilidade ao comércio de máquinas usadas evitando que ele ocorra sem nenhum controle ou garantia de procedência para o adquirente.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Festa da Padroeira relembra história de 90 anos da Comunidade de Santa Lúcia

No último domingo (14) foi realizada a festa em homenagem à Padroeira Santa Lúcia. A data foi ainda mais especial já que neste ano a Comunidade, que leva o mesmo nome, celebra 90 anos de história e está situada geograficamente nos municípios de Estação e Getúlio Vargas.

Durante a manhã a missa campal reuniu vários membros da comunidade e visitantes da região.

Durante sua fala, Padre Agostinho citou o texto de São Paulo e reiterou: “estais sempre alegre na fé, na gratidão, na família, nas conquistas. Alegres pela história que foi construída e que continua a ser escrita e por isso celebrar o aniversário de 90 anos da Comunidade. ‘Dai graças’, imaginem os desafios enfrentados pelas pessoas há 90 anos, imaginem o encontro comunitário que reunia as pessoas e a herança deixada a seus descendentes”, comentou reiterando a preparação para as celebrações do Natal.

Aos 80 anos e residindo atualmente em Porto Alegre, a Irmã Rita Todero, comentou a satisfação em retornar a terra natal. “É muito importante, pois geralmente consigo vir uma vez por ano e assim reencontro os amigos e as pessoas que prosseguem suas ações em prol desta comunidade”.

Os primos Marcos Paulo Tonial e Sérgio Caetano Todero também participaram da festa em honra à Padroeira. Para eles, além de reencontrar amigos e familiares, foi uma oportunidade de reiterar a valorização do aspecto histórico que a comunidade preserva.

O dia foi de muita oração e homenagens a todos que participam da Comunidade. Uma das pessoas é Maria Josefina Todero. A aposentada, com 88 anos, nasceu e foi batizada na Comunidade de Santa Lúcia. Para ela, a festa foi um momento gratificante e de muita emoção. Maria recebeu uma homenagem do atual Presidente da Comunidade que lhe entregou uma miniatura de carroça, relembrando o tempo em que os pioneiros chegaram na região.

À tarde, o momento foi de bênçãos dos fiéis através das rosas, uma tradição que é seguida há muitos anos.

O público que visitou a igreja prestigiou a linha do tempo que foi montada com fotos e informações sobre a história da comunidade. Uma camiseta também foi exposta para quem quisesse deixar a sua assinatura, como registro no evento.



Mais sobre a história:

A localidade de Santa Lúcia foi fundada em 1922 pelas famílias Todero, Tonial, Giacomet, Marim, Peruzzolo, Bosquetto e Piazetta, todos descendentes da etnia italiana. Em torno de 180 pessoas faziam parte da Comunidade.

A família Marim foi responsável por sugerir o nome da localidade em razão de terem vindo de uma comunidade de Caxias do Sul que levava o nome de Santa Lúcia.

A atividade fundamental sempre foi a agricultura, sendo as culturas predominantes na época de sua formação: o trigo, o milho, o feijão, a mandioca e aos poucos foi se desenvolvendo a suinocultura.

O rio que banha a Comunidade é o Rio Feio e tem 7 quilômetros de extensão com quatro metros de largura. Os limites são: ao norte – Getúlio Vargas; ao sul – Comunidade de Caixa D’Água; ao leste – Comunidade de São Pedro e a oeste com o Município de Estação.
A igreja e o salão de festas foram construídos através de um mutirão que contou com o trabalho das pessoas da Comunidade. A igreja foi construída em 1985.
Atualmente a maior parte da população é formada por idosos ou adultos que atuam na agricultura e na agropecuária, principalmente na criação de gadode corte, produção de mudas, aviários e produção leiteira.
Texto e fotos: Departamento de Comunicação da Prefeitura de Estação.

Vereadores de Getúlio Vargas aprovam a LOA


Foi aprovada, por unanimidade, a Lei Orçamentária Anual – LOA – que fixa a receita e a despesa do município de Getúlio Vargas, para o exercício financeiro de 2015. Nenhuma emenda foi apresentada pelos vereadores e o parecer favorável da Comissão Geral de Pareceres foi apreciado e aprovado na Sessão Ordinária do dia 27 de novembro.
 

            O orçamento para o exercício financeiro 2015 estima a receita em R$ 44.746.125,00 e fixa a despesa em R$ 44.746.125,00, contando com reserva de contingência de R$ 387.242,70.

            As áreas de educação, saúde e assistência social estão contempladas com o montante de R$ 23.229.825,00, o que representa 51,9% do total da receita estimada.

Conforme prevê o Artigo 5º da Lei Municipal nº. 4.880 de 12 de setembro de 2014, Lei de Diretrizes Orçamentárias - LDO 2015, os valores relativos as diversas Unidades Orçamentárias não sofreram alterações.
Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores.

Vereador Aquiles Pessoa da Silva solicita lista da Corsan


Vereador Aquiles Pessoa da Silva (PP)
O Vereador Aquiles Pessoa da Silva solicitou que a Companhia Riograndense de Saneamento, CORSAN, de Getúlio Vargas, envie, mensalmente, ao Executivo Municipal, uma lista dos locais onde foram feitas ligações e remendos nas rupturas de canos, a fim de que seja feita a devida fiscalização. Solicitou, ainda, que seja feita a limpeza dos pedriscos que se espalham ao redor dos locais onde existir asfalto e que foram feitos os reparos na rede de água. A Indicação foi aprovada por unanimidade da Sessão Ordinária do dia 27 de novembro. Manifestaram-se favoráveis à solicitação os vereadores Aquiles Pessoa da Silva, Eliton José Andretta e Nelson Henrique Rogalski.

 Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores.

Novo site da Câmara de Vereadores de Getúlio Vargas


Objetivo é aproximar a população das ações da Câmara,

dando transparência aos atos do Legislativo


A Câmara de Vereadores de Getúlio Vargas coloca no ar, nesta sexta-feira,19 , seu novo website: www.getuliovargas.rs.leg.br. O novo portal foi idealizado para oferecer todas as informações relacionadas ao Poder Legislativo e ao trabalho dos vereadores, possibilitando o acesso às informações sobre todo o processo legislativo. O internauta poderá acessar o Regimento Interno da Câmara, a Lei Orgânica do Município, leis  municipais, relatórios fiscais, balancetes, portarias, editais, galerias de fotos e informações diversas de interesse coletivo.

O novo site foi desenvolvido a partir do Portal Modelo, da Interlegis, do Senado Federal, e possibilitado através da parceria com o Programa Interlegis, bem como com o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo – SAPL, que está integrado ao site.

O acesso à informação e o portal da transparência também estão em destaque no novo portal. Com essas ferramentas o cidadão poderá acompanhar tudo o que acontece na Câmara de Vereadores, entre outras informações.

Conforme o presidente da Câmara, vereador Daniel Fernandez,  a transparência é fundamental para a concretização da democracia e se constitui em um compromisso dos vereadores com a sociedade getuliense. “Além disso, queremos que o novo site seja uma ferramenta que aproxime ainda mais o cidadão do trabalho dos vereadores”.

 

O que é a Interlegis

O Interlegis é um programa executado pelo Senado Federal que tem como objetivo apoiar a integração e modernização do Poder Legislativo brasileiro, em suas instâncias federal, estadual e municipal, buscando melhorar a comunicação e o fluxo de informação entre os legisladores, aumentar a eficiência e competência das Casas Legislativas, e promover a participação cidadã no processo legislativo.

Esse programa surgiu a partir de um projeto piloto do Centro de Processamento de Dados do Senado – Prodasen que permitiu a ligação pela rede mundial de computadores – Internet de 100 Câmaras Municipais, no ano de 1997. Longe de ser um programa que se preocupa pura e simplesmente com transferência de tecnologia, o Interlegis é uma proposta de solução para os problemas típicos de funcionamento do Poder Legislativo, que se apresentam em maior ou menor grau nas suas três instâncias.
Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores.