terça-feira, 25 de novembro de 2014

Edição online, terça-feira, 25 de novembro de 2014




Esporte - Querulin Malena Perret


Social - Anissara Zir


Contexto - Neivo A T Fabris

A criminalidade aumenta no Alto Uruguai


O mapa da violência no RS, divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública revela o crescimento de ocorrências atendidas pelos órgãos policiais. Nos 32 municípios que integram a Amau, o furto lidera o ranking. O levantamento dos primeiros nove meses de 2014 revela que Erechim ponteia com 1.244 furtos, 12 homicídios dolosos, 210 furtos em veículos, 170 roubos, 127 estelionatos, 13 roubos de veículos, 88 portes ileigais de armas e munições, 124 posse de entorpecente, 36 casos de tráfico, três de extorsão e um de corrupção.
I I
Segundo mais populosos do Alto Uruguai, no município de Getúlio Vargas foram contabilizados no período dois homicídios, 143 furtos, oito furtos de veículos, 17 roubos, três extorsões, sete estelionatos, oito casos de porte ilegal de arma, 15 de posse de drogas e sete de tráfico. Com as ocorrências de outubro e novembro, que motivaram a Câmara de Vereadores e o Consepro a realizarem uma audiência, Getúlio Vargas avança no ranking. Desde a reunião, ocorrida no último dia 11, a Brigada Militar e a Polícia Civil incrementaram o trabalho preventivo. A instalação de câmaras de monitoramento foi novamente aventada pelas autoridades.
I I I
A ocorrência de furto foi registrada em todos os municípios, e no de Estação foram 32, quatro furtos de veículo, seis roubos, e apenas uma ocorrência de roubo de veículo, extorsão, estelionato, porte de arma e posse de droga. Em Erebango foram 16 furtos e um porte ilegal de arma. Na cidade de Ipiranga do Sul foram oito ocorrências de roubo, um furto de veículo, um roubo, um estelionato e um caso de tráfico. Em Sertão 37 furtos, um furto de veículo, seis roubos, um roubo de veículo, seis casos de estelionatos e dois de porte ilegal de arma. Um homicídio ocorreu em Floriano Peixoto, nove casos de furto, um estelionato e um de tráfico.
Curtas
# Com cinco das nove cadeiras na Câmara de Getúlio Vargas o executivo teve o Projeto de Lei nº 6908/14, de 07 de outubro, derrotado em plenário.
# O projeto assinado pelo prefeito Pedro Paulo Prezzotto (DEM), que previa a doação de imóvel com encargos a empresa Referência Obras e Sinalizações Ltda. chegou a ser aprovado pela Comissão Geral de Pareceres.
# O imóvel em questão está localizado na Av. Borges de Medeiros, entre o antigo escritório da CEEE e o Campus II da Faculdade Ideau, e está abandonado há anos, em precárias condições.
# Edificado no governo do prefeito Júlio Jorge Oleksinski (PMDB – 1982-1988), abrigou por longo tempo a chamada “vaca mecânica”, que produzia leite de soja para a rede municipal de ensino.
# Com o voto do vereador Dinarte Farias (PP) e os quatro da oposição, o projeto e a Mensagem Retificativa nº 10/2014 foi rejeitada pela maioria.
# O vereador Nelson Rogalski (PP) lamentou a posição tomada pelo colega vereador, lembrando que além da recuperação do prédio a empresa, que vai se instalar em outro município, iria abrir inúmeros postos de trabalho.
# Representante da nova geração do Partido Progressista de Getúlio Vargas e campeão de votos na eleição de 2008, Dinarte Farias nunca escondeu o desejo de disputar o governo municipal.
# O vice-prefeito Maurício Soligo e o Secretário de Obras, Sérgio Batista de Lima também são a aposta do PP para suceder Pedro Paulo Prezzotto a contar de 2017.
Dito & Feio:
O 13º Encontro de Getulienses, ocorrido no último dia 15 de novembro no Teresópolis Tênis Clube, em Porto Alegre, repetiu o sucesso dos anteriores. Além dos que residem na Capital, à presença de muitos outros da região metropolitana, interior do RS, SC e PR. Regina Prezzotto, Mary Rolando Rosa, Fernando Antônio Vicenci, Éber de Souza e o Coronel Vieira, organizadores deste encontro já planejam a edição 2015.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Contagem regressiva para o Mississipi Delta Blues Festival


O Festival é realizado no Largo da Estação Ferroviária de Caxias do Sul.

Inúmeros palcos garantem a apresentação simultânea do melhor do blues.

Bob Stronger retorna a Caxias do Sul para a alegria dos fãs.


"The Chief" na edição 2013 do MDBF.
Referência no calendário cultural do RS o Mississipi Delta Blues Festival chega à sua sétima edição e inicia amanhã (20) e se estende até sábado (22) em frente a antiga Estação Ferroviária, no centro de Caxias do Sul. A imprensa especializada já aponta o MDBF como o maior festival totalmente direcionado ao Blues no continente, apenas atrás dos Estados Unidos.

Dentre as atrações da edição 2014 o Blues Etílicos, considerada a marca mais forte do blues nacional. Diretamente de Chicago para o palco do MDBF o gaitista Jerry Portnoy, que nos anos setenta do século passado integrou a banda de Muddy Waters. Atração no festival do ano passado o baixista, compositor e cantor Bob Stronger, que neste ano completou 75 anos, volta para a serra gaúcha. Também confirmara presença Robert Walker Jr, Debbie Davies, Bex Marshall, Lurrie Bell, entre outros.

Na edição do ano passado o festival recebeu mais de dez mil pessoas nos três dias de evento. Foram quarenta e duas apresentações em seis diferentes palcos e mais de uma centena de músicos. Com uma estrutura completa oferece estacionamento pago, segurança, praça de alimentação, restaurante, exposição de artes, comércio de livros, CD e DVD, e principalmente muita música.

Há sete anos dois amigos, inspirados nos festivais de Blues dos EUA realizaram um evento aos moldes do Chicago Blues Festival, com a participação dos músicos que ao longo de 2008 haviam se apresentado no Mississipi Delta Blues Bar. O sucesso foi tão grande que o evento vem se repetindo anualmente.

Principal raiz da música popular norte-americana, o blues influenciou o surgimento da maioria dos estilos musicais como o jazz, rock, country, soul, pop convencional e até a música erudita moderna. Vocal e/ou instrumental, o blues surgiu a partir das canções de trabalho que entre outras protestavam contra a escravidão, e posteriormente nos corais da Igreja Batista, entre outras.
Confira a programação completa: http://www.mdbf.com.br/