quarta-feira, 13 de julho de 2016

Trabalhadores demitidos da Intecnial voltam ao trabalho

Os trabalhadores demitidos nos dias 13 e 16 de maio retornaram ao trabalho nesta segunda-feira (11), o retorno foi acompanhado pelo Sindicato dos Metalúrgicos que realizou uma assembleia em frente a fábrica. Eles foram convocados pela empresa em cumprimento ao prazo dado pela Justiça do Trabalho, que determinou a nulidade das demissões por não ter havido, na época, negociação com o Sindicato acerca da dispensa coletiva.


Ainda na sexta- feira a empresa fez o depósito judicial dos valores correspondentes aos salários de maio e junho dos demitidos. Agora, é necessária a autorização da justiça para os trabalhadores receberem seus salários. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Fábio Adamczuk, considera a volta ao trabalho uma vitória de todos os trabalhadores. “Tanto os que haviam perdido o emprego como os que ainda estão na empresa podem se considerar vitoriosos porque foi feito justiça ao fato de que os trabalhadores foram demitidos sem poder receber as suas verbas rescisórias”, disse.
As demissões ocorreram poucos dias antes da empresa entrar com Pedido de Recuperação Judicial. Com isso, as verbas rescisórias, os salários atrasados, as férias não remuneradas e parte do depósito do FGTS foram incluídos no total da dívidasem previsão de pagamento.
Durante os dois meses em que estiveram afastados da fábrica a situação de alguns trabalhadores chegou a ficar dramática. O Sindicato dos Metalúrgicos organizou uma campanha de arrecadação de alimentos por conta das dificuldades financeiras dos demitidos.
O cumprimento da ordem judicial, no entanto, não garante o emprego aos trabalhadores porque a empresa não está impedida de fazer novas demissões. “O que muda é que os trabalhadores estão fora do bolo de dívidas da recuperação judicial e a empresa, se quiser reduzir seu quadro de funcionários promovendo desligamentos, vai ter que negociar os termos da demissão com o Sindicato, conforme prevê a Lei”, destacou Adamczuk.

FONTE: BOA VISTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário