quinta-feira, 30 de julho de 2015

Cooperativismo sistemas de inspeção serão temas de encontro em Erechim

Evento técnico promovido pela Famurs e Ocergs reunirá prefeitos, secretários municipais, gestores de cooperativas, lideranças do meio rural e agricultores

Foto: Débora Szczęsny
A importância do cooperativismo para o desenvolvimento dos municípios e as dificuldades de adesão ao Sistema Estadual de Inspeção de Sanidade Agroindustrial serão debatidos em evento estadual a ser realizado no dia 14 de agosto, em Erechim. A primeira etapa do clico de debates promovido em parceria da Famurs e Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul (Ocergs) visa discutir o processo de gestão das cooperativas do setor da produção. Serão apresentados cases de sucesso no processo dos segmentos de crédito, agropecuário e de saúde. No mesmo encontro serão apresentadas orientações técnicas e debatidas alternativas para desburocratizar os processos que dificultam a abertura e funcionamento de agroindústrias no Rio Grande do Sul.

O vice-presidente da Famurs e prefeito de São João da Urtiga, Paparico Bacchi, será o mediador dos debates. Autor da proposta de discussão, Paparico defende o controle externo sobre a gestão das cooperativas e o cumprimento de metas de responsabilidade fiscal por parte dos seus gestores, semelhante ao sistema das auditorias promovidas pelo Tribunal de Contas sobre as prefeituras. “As cooperativas precisam de profissionalização urgente. Muitas, que deveriam ser o ponto forte de apoio dos agricultores, quebram e, nestes casos, quem paga a conta é o agricultor. Nossa proposta na Famurs é promover um profundo debate sobre essa questão. Os orçamentos de algumas cooperativas são maiores que muitas prefeituras, fator que reverte em retorno do ICMS. Por isso precisamos discutir o processo de gestão e fortalecê-las, talvez nos moldes das cooperativas de crédito, que permanecem sólidas e prósperas sob as diretrizes e normas do Banco Central”, ressalta o vice-presidente da Famurs.
No encontro que terá a participação do Tribunal de Contas, o vice-presidente da Ocergs, Vergílio Perius, abordará a importância do cooperativismo para o desenvolvimento local. Na sequência, serão apresentados casos de sucesso do Sicredi Norte, Federação das Cooperativas Agropecuárias e da Unimed Erechim.

Adesão ao Susaf

 O ciclo de debates da Famurs também discutirá questões ligadas ao Sistema de Inspeção Municipal (SIM) e sua adesão ao Sistema Unificado Estadual de Inspeção de Sanidade Agroindustrial (Susaf). A implantação do Susaf permite aos estabelecimentos registrados no SIM comercializar seus produtos em todos os municípios gaúchos, fora do seu território de origem. Conforme a Famurs, o desafio dos prefeitos está em vencer a burocracia para que seus municípios possam aderir ao Susaf.

Das 497 prefeituras, cinco já aderiram ao programa. Outros 28 serviços de inspeção municipal estão em processo adiantado de adesão. “Neste debate pretendemos oferecer orientações técnicas e estimular para que os prefeitos continuem batalhando pela adesão ao Susaf, pois esse sistema é uma porta de entrada para ampliação de receita, geração de emprego, renda, circulação de mercadorias, fomentando assim o desenvolvimento dos municípios gaúchos”, ressalta o assessor técnico da Famurs, Ismael Horbach.
Serviço

Cooperativismo e sistemas de inspeção de produtos de origem animal

14 de agosto de 2015

Anfiteatro da URI/Erechim

Realização: Famurs/Ocergs



 


Nenhum comentário:

Postar um comentário