terça-feira, 18 de agosto de 2015

Metalúrgicos da Intecnial decretam estado de greve

decisão foi tomada na última segunda- feira ( 17) numa assembleia conduzida pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Erechim. A maioria dos trabalhadores paralisou as atividades durante toda a manhã em protesto contra o atraso no pagamento dos salários de julho. O estado de greve foi comunicado pelo Sindicato à empresa ainda na tarde desta segunda- feira.
 
Protesto é contra o atraso nos salátios. (Foto: divulgação/AFR)
 
O atraso nos salários já havia sido comunicado. Numa reunião com os trabalhadores no dia 07 deste mês a direção da empresa comunicou que só pagaria os salários no dia 14. Agora, a empresa informou que só poderá fazer o pagamento na semana que vem. Uma nova reunião entre a direção da empresa e do Sindicato está agendada para o próximo dia 24. “O Sindicato vai pressionar para que o problema seja resolvido porque as dificuldades que as famílias estão enfrentando são grandes. Mesmo que os salários sejam pagos na segunda- feira, o atraso já estará completando 20 dias”, alertou Adamczuk.

A Intecnial atua nas áreas do agronegócio, energia e logística. Tem 1.700 funcionários. Destes, 800 trabalham em Erechim e os demais em obras espalhadas por todo o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário