quinta-feira, 18 de maio de 2017

Alto Uruguai AMAU em audiência no Ministério da Saúde

Na oportunidade em que estão em Brasília na 20ª Marcha dos prefeitos, a AMAU – Associação de Municípios do Alto Uruguai, através do presidente e prefeito de Jacutinga, Beto Bordin, esteve na tarde de terça-feira, 16 de maio, em audiência no Ministério da Saúde para solicitar, uma atenção especial ao pedido de concessão de CEBAS – Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social – Área da Saúde, requerido pela ABERSE – Associação Beneficente dos Receptores de Sangue de Erechim.
Os representantes da AMAU foram recebidos pelo Coordenador Geral de Análise e Gestão de Processos do DCEBAS, do Ministério da Saúde, Bruno Carrijo e a assessora do Departamento de Certificação de Entidades Beneficientes de Assistência Social em Saúde, Silvana Siqueira dos Santos Penatti.
O presidente da AMAU, Beto Bordin, entregou um ofício solicitando agilidade do processo e análise favorável pela importância da causa. Segundo informação recebida, em breve, até o mês de julho será liberado este certificado. A referida entidade protocolou pedido de concessão de CEBAS/Saúde, em dezembro de 2016, e o Processo está tramitando junto ao Órgão Ministerial, nas devidas instâncias e de acordo com os trâmites processuais.
A solicitação se sustenta no sentido de agilizar o processo pela relevância e importância do serviço hemoterápico para a região, que compreende 32 municípios, tendo em vista que o Banco de Sangue do Alto Uruguai Gaúcho é única entidade que atua nesse ramo, e vem enfrentando entraves financeiros.
A ABERSE é uma entidade privada sem fins lucrativos que atende preferencialmente e predominantemente o SUS – Sistema Único de Saúde há 28 anos e, de fato, já é filantrópica, considerando que atende 75% da sua produção de hemoderivados é destinada ao serviço público de saúde, falta, apenas, a concessão de direito.
Pela importância do serviço e tomando com sustentáculo que a unidade atua em complementariedade do SUS, cremos que a concessão do CEBAS passa ser um benefício justo da entidade pelos relevantes préstimos a comunidade usuária do sistema público de saúde (SUS).
Participaram da audiência, além do prefeito de Jacutinga, Beto Bordin, também de Quatro Irmãos, Adilson De Valle, vice-prefeito de Erval Grande, Suzinei Schneider, de Passo Fundo, João Pedro Souza Nunes, assessor especial do Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Rogério Nardeli Kohlrausch e os vereadores, Ricardo Tomaz, presidente da Câmara de Vereadores de Quatro Irmãos, de Jacutinga, presidente do Legislativo, Ricardo Menegaz, Débora Paula Nava Ogliari e Ronaldo Bordin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário