segunda-feira, 29 de maio de 2017

Sertão - Município decreta situação de emergência

O temporal que atingiu diversas cidades na região norte do RS também provocou destruição na cidade de Sertão. O prefeito Edson Luís Rossatto (PMDB) decretou situação de emergência a exemplo de colegas prefeitos de outras cidades gaúchas.




Alguns dos locais atendidos pelos Bombeiros durante a
tarde de sábado.
Fotos: Bombeiros GV. 


         Os fortes ventos e a chuva de granizo que a cidade e a área rural de Sertão na tarde de sábado (27) mobilizaram a defesa civil e equipes da Prefeitura Municipal. O Hospital São José, localizado na Rua Ernesto Dornelles, no centro da cidade, teve parte do telhado arrancado pelo vento. Uma das alas ficou alagada. A queda de postes da RGE deixou parte da cidade sem luz.
O Ginásio da Escola Municipal João Antônio de Col teve a cobertura arrancada. Na Capela São Pedro, no interior do município, além da Igreja parte do telhado do Salão Comunitário foi destruído. No local acontecia uma festa de casamento. Segundo informação extra oficial cinco pessoas precisaram ser levadas para atendimento no Hospital São José e após serem medicadas foram liberadas pelo médico plantonista.
         Em Getúlio Vargas o temporal de sábado provocou o corte de abastecimento de luz e água em algumas áreas. O mesmo ocorreu em Estação e Ipiranga do Sul. No interior de Floriano Peixoto o nível elevado do Rio Abaúna interrompeu o tráfego na ponte de acesso a Anita Garibaldi. Os Bombeiros atenderam inúmeros chamados. Além de Getúlio Vargas foram registradas ocorrências em Sertão e Ipiranga do Sul.



Nenhum comentário:

Postar um comentário